23 de março de 2014

[ESPECIAL HARRY POTTER] A Ideia de J.K. Rowling

Hey Peoples!! Como vão? 

Hoje iremos começar um especial aqui no blog sobre Harry Potter! Sim sim!

Se vocês puderam reparar... na estante do skoob ao lado, mostrou que estava lendo HP e que eu não estava postando as Resenhas dos mesmos. Pois então... irei postá-las nesse Especial que criamos exclusivamente para isso. Agora deixe-me explicar como vai acontecer.

Serão dezesseis dias de postagens diárias focadas em, somente e exclusivamente, Harry Potter e o seu universo maravilhoso. A colunista, Anja (Ângela Braga), estará postando as curiosidades sobre a saga. E eu, Misael Coelho, estarei postando as resenhas dos livros.

Nessas duas semanas e dois dias de postagens, vocês conhecerão algumas curiosidades sobre esse mundo criado pela nossa querida Joanne Rowling. Então vamos dar início à esse especial e deixar a Anja iniciar falando um pouco sobre como tudo começou!



Oi oi, meus amores! Como está o mundo de vocês?

Hoje irei falar um pouco sobre as ideias que a querida Rowling teve ao criar esse mundo “fantastibuloso”.

Desde criança J.K gostava de escrever e contar histórias para a irmã mais nova Diana; sendo seu primeiro romance completamente desenvolvido quando ainda era criança sobre um coelho chamado Coelho.


Tudo começou em certo dia na década 90 em uma longa viagem de trem do norte da Inglaterra para Londres, em que graças essa longa viagem Joanne teve a base do enredo para começar essa aventura. Finalizando o primeiro livro depois de cinco anos; por motivos de criar um melhor detalhamento dos personagens principais.

O nome Harry Potter foi escolhido simplesmente porque ela gostava do som “Potter” e por gostar do nome Harry.

            Obs.: para quem não sabe o nome do meio do Harry é James. *-*

Sua primeira publicação foi em 1996. Depois de outras editoras negaram sua obra por ser longa e complexa para o público infantil. Felizmente a Editora Bloomsbury aceitou sua obra e a contratou.

Segundo a própria Rowling, ela passava em média 10 horas por dia escrevendo, sendo na maior parte pela noite (uma bela coruja noturna).

Ela nunca esteve em um lugar como Hogwarts, mas o ambiente pitoresco dos livros teve como base aos dormitórios de escola pública em que estudou; mesmo os leitores adquirindo uma visão idílica e surrealista das escolas públicas britânicas.


Draco Dormiens Nunquam Titillandus.
Nunca cutuque um dragão adormecido.



Um comentário:

  1. Gostei muito de conhecer o seu blog. Estou pedindo o seu apoio
    para a divulgação de meu livro "Oklath - Os Sete poderes de
    Órtil". Visitem meu blog e saberão mais: oklath.blogspot.com.br .
    Um abraço, Cláudia.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!